Vídeo

Loading...

17 de junho de 2010

SINAIS E MARAVILHAS


Alguns anos atrás um rico empreendedor estava planejando construir uma ponte no Mar da Galiléia. O que torna esse projeto sem igual é que a ponte não seria construída acima das águas e sim embaixo delas. Com cerca de cinco centímetros abaixo da superfície, a ponte flutuante permitiria que peregrinos e turistas pudessem caminhar na água da mesma forma que Jesus o fez. Quem sabe o próximo projeto seja construir um balão de ar quente, sobre o Monte das Oliveiras, para que os turistas possam imitar a ascensão de Cristo aos céus. O que os construtores de ponte não entendem é que o Evangelho não tem o propósito de mostrar um Jesus querendo impressionar com a habilidade de caminhar sobre as águas. Seu objetivo é mostrar Jesus superando todos os obstáculos para alcançar os perdidos e aqueles que necessitam dele.

Tantos foram os sinais e maravilhas operados por Jesus em seu ministério terrestre que acabamos achando que "um culto sem grandes prodígios" não é um culto abençoado e que um testemunho sem grandes milagres não tem a mesma importância daquele que mostra uma operação sobrenatural do Senhor.

Precisamos entender que Jesus Cristo veio ao mundo para buscar o perdido e aproximar o homem novamente do Pai. Sua morte na cruz em nosso lugar, comprando com Seu sangue o preço de nosso pecado foi o maior dos milagres. Sabemos que Deus é poderoso para curar, libertar, transformar vidas e operar grandes maravilhas, mas sabemos também que há tempo para tudo e, muitas vezes, um grande sinal é verificado em momentos de silêncio e quietude.

Cristo, nosso Salvador, dentro de nossos corações. Essa é a maior bênção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário