Vídeo

Loading...

10 de junho de 2010

MAU HUMOR É PRERROGATIVA FEMININA: ISSO DEVIA ESTAR NA CONSTITUIÇÃO


Se o cara não lhe faz rir, desista. Na minha opiniãomau humor é prerrogativa feminina; isto deveria estar na constituição!




O texto abaixo diz qualquer coisa sobre isso, que tal lermos?

Sobre homens que as fazem rir:

Procurei no Google pela expressão “humor equals freedom” (”humor significa liberdade“). Nenhum resultado. O inverso também não existe na Internet. Em páginas brasileiras, só há relação entre humor e liberdade de expressão. Uma pena. O senso de humor guarda a chave central dos relacionamentos amorosos, desde os primeiros instantes da sedução até a morte do parceiro após décadas de convivência.
Não é sem razão que as mulheres valorizam o bom humor nos homens. É comum ouvir algo como: “Eu gosto de homens que me fazem rir”. Ou ainda: “Eu amo ver ele sorrindo para mim”. Essa simples confissão esconde algumas coisas interessantes. O que elas dizem aponta menos para a comicidade e mais para a noção de liberdade, transcendência e plasticidade dos homens – em vez do lúdico, é o aspecto lúcido que importa. Não se trata de homens palhaços ou maliciosamente inteligentes (piadistas e sarristas de plantão), mas de homens sábios, que conseguem transitar entre diferentes universos e linguagens, sem muitas fixações e prisões. Simples assim: se o humor vem de um automatismo ou condicionamento, ele repele; se brota da liberdade, é absolutamente irresistível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário